Ícones de Moda

The MenStyle entrevista João Vicente Zanella.

por Deco Tajra | 06•01•2017


Hoje entrevistamos um dos nomes que acredito ter sido importante no cenário da moda no ano que passou. João tem um estilo que o mercado abraçou como "o da vez" e isso fez com que ele estivesse onipresente nos desfiles e editoriais da temporada. Torcemos para 2017 ser o ano dele e por isso batemos um papo com o João para conhecê-lo melhor:


Você ainda é bem novo, mas conta pra gente com quantos anos começou a fotografar. 

Qual foi o primeiro importante trabalho?


 "Meus pais sempre foram bem rígidos em questão de ensino, então eu esperei acabar o ensino médio para me mudar para São Paulo e tentar a carreira de modelo, vim pra cá com 18 anos e o primeiro trabalho que fiz foi uma foto para a revista Catarina em um editorial que todos os modelos eram new faces. Me ver em uma revista impressa logo de primeiro trabalho foi marcante pra mim. Outro trabalho que me marcou foi meu primeiro trabalho em Milão, eu tinha acabado de chegar na Italia em 2014 e o primeiro casting que eu recebi foi para a Lanvin. A Lanvin é de Paris mas eles fazem showroom em Milão uma semana por temporada, vai o time todo de Paris pra Milão fazer o showroom, uma estrutura bem grande. E eu fui nesse casting, mal sabia o que era Lanvin e eu lembro que vi vários modelos que eu via na internet, vários rostos conhecidos de meninos q fazem ótimas temporadas internacionais, eu nem esperava nada no fim do dia a agência me ligou e falou que eu tinha pego a semana de showroom da Lanvin. Foi ótimo! No meu segundo dia em Milão eu ja estava trabalhando e era para uma marca de renome internacional. "


Você faz planos para uma carreira longa nesse segmento? Se vê modelando aos 30?

Qual foi aquele trabalho que deu um frio na barriga especial?


"Nessa carreira a gente nunca sabe o que esperar! Acho difícil dizer se estarei modelando aos 30 pois o mercado muda a cada dia, existem perfis e momentos diferentes então prefiro deixar rolar e ver o que acontece haha. Eu tenho planos de morar fora trabalhando como modelo, já morei em Milão como havia dito e vivi experiências ótimas, essa parte da profissão que nos permite conhecer e morar em lugares diferentes, conhecer culturas e pessoas diferentes é um dos maiores presentes que ser modelo oferece, então planejo sim usufruir dessa regalia haha. Quando penso nos trabalhos marcantes que me deram frio na barriga eu diria que são os primeiros, primeira revista, primeiro desfile, primeira campanha, primeiro comercial… acho que em especial um trabalho que me deu frio na barriga foi meu primeiro desfile na spfw, desfile do João Pimenta, sempre gostei muito dos desfiles dele e sempre acompanhei da minha casa no interior de Santa Catarina, lembro que quando eu era menor na semana de moda eu acompanhava os desfiles masculinos e sempre pensava em desfilar na spfw, então estar lá pela primeira vez me deu sim um frio na barriga haha. "


Já vimos você em muitas passarelas, qual foi o desfile que mais curtiu fazer?E a campanha?


"Cada desfile é uma energia diferente e uma sensação diferente, então eu acho difícil escolher o que mais curti fazer. Realmente gosto muito de desfilar então cada desfile acaba se tornando especial pra mim, lembro de todos e adoro rever os videos dos desfiles haha Uma campanha que gostei muito de fazer foi da coleção cápsula do Alexandre Herchcovitch para a C&A, que foi um dos ultimos trabalhos do Alexandre como diretor criativo de sua marca, e é uma marca que sempre gostei muito e coincidentemente foi a primeira campanha que fiz. A foto dessa campanha era com o próprio Alexandre e um time impecável, gostei muito de fazer esse trabalho"


E falando do seu estilo, como definiria ele? 

O que não falta no seu armário? 

Qual sua marca favorita?


"Eu sempre tive muita inspiração nas roupas que meu pai usava quando ele era jovem, inclusive várias peças que são minhas hoje, eram do meu pai quando jovem e acabei roubando do guarda roupa dele haha Adoro essa vibe anos 90, 2000. No meu guarda roupa não podem faltar 3 peças: uma bomber jacket, um bom e velho Levis 501, e Dr martens. são peças chaves pra mim que uso com tudo. Não tenho uma marca específica favorita mas tenho algumas que gosto muito, Acne Studios, Vetements, Juun.j, Kenzo e  Lanvin são algumas das minhas marcas favoritas."


Falando em paleta de cores, vai no preto e branco ou ousa nas cores?

Como pensa em um look para sair de casa confortável durante o dia? E para noite? Tem diferença entre eles?



"Sou muito básico nas cores que uso, gosto muito de preto, cinza e branco. Uso cores também mas sou mais de usar peças neutras. Quando quero estar confortável eu praticamente coloco as primeiras roupas que acho, procuro comprar peças mais neutras inclusive para serem mais fácies de combinar. Quando vou na padaria por exemplo um baggy jeans, uma vintage T-shirt e um all star é tudo que eu preciso. Me sinto confortável com todas as minhas roupas, mas tem roupas que tem cara de dia e roupas com cara de noite, é sempre o mesmo estilo mas as peças mudam, geralmente."


O que mais curte fazer quando não está trabalhando...


"Quando não estou trabalhando eu gosto muito de assistir séries e filmes, assisto tantas séries que as vezes fica difícil acompanhar. Outro hobby é desenhar e pintar quadros, arte sempre esteve presente na minha vida e é meu refúgio, quando estou pintando sou eu e meu quadro e minhas playlists do spotify, parece que não existe mais nada, essa sensação é ótima. "



Qual seu sonho profissional? Pensa em trabalhar fora do Brasil?

Indicaria um modelo masculino de sucesso que te inspire?


"Acho que não tem nada mais gratificante que reconhecimento pelo seu trabalho, ser reconhecido é a maior conquista, meu sonho profissional é ser reconhecido no mundo todo. Penso em trabalhar fora sim, só estou aguardando o momento certo. Tem alguns modelos que gosto muito, Jordan Barret, Filip Hrivnak, Tommaso de Benedictis são alguns deles."



Adoramos João! Obrigado.


The MenStyle

INSCREVA-SE E RECEBA

NOSSA NEWSLETTER